Mapa mental e concurso público: 6 maneiras para aprimorar seus estudos

Mapa mental e concurso público: 6 maneiras para aprimorar seus estudos

Se você chegou até aqui, mas nunca ouviu falar sobre o tema, fique tranquilo. Antes de começar nossa lista vou te explicar rapidamente sobre o que se tratam os mapas mentais, ou também conhecido como “mapas da mente”.

Publicado por Terezinha Rêgo

Podemos definir um mapa mental como um diagrama voltado para as gestões de informações e conhecimentos. Essas representações livres de pensamentos se dividem a partir de um conceito central para a melhora da memorização e aprendizado . Para melhor compreensão de como funcionam estes diagramas, vou colocar aqui a definição do próprio Tony Buzan, criador da técnica:

Mapa mental digital de Português

Mapa mental digital de Português

“O Mind Map é uma expressão do pensamento, uma função natural da mente humana. Uma técnica gráfica poderosa que fornece a chave universal para desbloquear o potencial do cérebro. O Mapa da Mente pode ser aplicado em todos os aspectos da vida, onde o aprendizado aprimorado e o pensamento mais claro aumentam o desempenho do cérebro humano. Cada ideia é escrita e depois conectada por linhas ou curvas ao fato central, criando assim uma rede de relações entre elas”.

Tony Buzan

Estes diagramas podem ser usados para expressar suas ideias de maneira mais simples, rápida e direta. Com ele você pode fazer conexões, tendo uma visão mais ampla do assunto, o que gerará uma rápida compreensão do tema estudado, conforme exemplo abaixo:

Mapa mental digital de Raciocínio Lógico

Mapa mental digital de Raciocínio Lógico

Vale lembrar que os diagramas podem variar de simples a elaborados, contendo fotos, desenhos ou apenas anotações. Inclusive, existem versões online já prontas para receberem anotações sobre os temas à sua escolha.

Bom, agora que você já está por dentro de como funcionam os mapas da mente, vamos à lista das 6 maneiras de aprimorar seus estudos para concurso público, usando os mapas mentais:


1) Organizando as ideias: o mapeamento mental pode ser uma excelente técnica para o agrupamento de ideias. Desenhar seu mapa mental antes de um exame escrito, ou outra tarefa criativa, te ajudará a organizar seus pensamentos e deixar a criatividade fluir.

2) Tomando nota: anotações lineares são muito comuns, sobretudo entre aqueles que participam de algum tipo de curso preparatório, para capturar informações apresentadas em sala de aula.

3) Compreendendo o conteúdo: alguns textos ou livros (romances antigos, artigos científicos, etc) exigidos nos concursos podem ser difíceis de compreender e analisar. Estes materiais geralmente estão cheios de palavras que não fazem parte do nosso dia-a-dia, e ainda por cima contam com uma estrutura complexa que pode nos dar muita dor de cabeça para interpretar.

Fazer anotações em um mapa mental ao ler um texto desse tipo pode facilitar muito a compreensão da estrutura e do conteúdo. Uma boa maneira de gerenciar esta tarefa é dividir as informações em partes menores e mais fáceis de gerenciar.

Escreva os principais conceitos e ideias de um texto, faça uma lista de palavras desconhecidas e outras perguntas que tenham surgido ao longo da leitura.

Resuma o conteúdo e use o mapa para revisar suas anotações antes do tão esperado exame.

4) Memorizando: Os mapas mentais te ajudam a memorizar informações, pois utilizam todas as habilidades corticais, ou seja: os mapas ativam o cérebro em todos os níveis. Coloque sua memória em teste e faça seu mapa mental utilizando algum software online (como citado acima). Oculte determinada parte do mapa e veja se
consegue se lembrar do conteúdo.

5) Revendo as anotações: como dissemos na dica número 2, ao invés de transcrever apressadamente, sem muita atenção, o que seu professor disse, você capta as palavras-chave e imagens significativas. Economizando tempo tomando nota das informações essenciais de maneira prática e lógica. Usar um mapa mental te ajudará a revisar com eficácia o conteúdo passado durante a aula e também pode evitar a perda de tempo com detalhes.

6) Se preparando para a prova: por último, mas não menos importante, use o mapa mental para coletar todos os materiais que serão abordados na prova, por exemplo: suas anotações, capítulos dos livros didáticos, lista de leitura obrigatória, etc.

Saber como usar os mapas mentais pode parecer até fácil demais. Você ficará surpreso com a rapidez com que vai memorizar e aprender informações muito úteis para o tão esperado concurso público.

Faça coisas. Seja curioso, persistente. Nao espere por um empurrão da inspiração ou por um beijo da sociedade na sua testa. Preste atenção. É tudo sobre prestar atenção. É tudo sobre captar o máximo que você puder do que está por aí e não deixar que desculpas e que a monotonia de algumas obrigações diminuam sua vida.

— Susan Sontag, escritora, crítica de arte e ativista

< Anterior

O ebook de mapas mentais gratuito foi apliado, são mais de 45 mapas mentais. Confira!

Mapas mentais por matéria

Sold out

Sold out

Sold out

Sold out

Sold out

Sold out

Sold out

Sold out

Deixe um comentário

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados